Uso das redes sociais na internet: maioria feminina

Um infográfico divulgado recentemente pelo site Information is Beautiful demonstrou que as mulheres têm quantitativamente um acesso mensal maior aos chamados sites de redes sociais. O resultado baseou-se nos dados extraídos do Google Ad Planner, ferramenta de pesquisa na qual é possível obter um relatório detalhado como demografia e pesquisas relacionadas a um determinado local, ou obter estatísticas de determinados sites.

Os resultados apontam para uma continuidade no número maior de mulheres, se comparado a uma pesquisa semelhante na qual o site em questão se baseou em 2010. À época havia uma predominância de 74 milhões de mulheres, enquanto que atualmente são 99 milhões a mais.

Os dados demonstram uma predominância do público feminino em sites de redes sociais bastante populares, inclusive o Facebook, atualmente o que tem o maior número de usuários cadastrados. Importante frisar também no Twitter e em dois sites que têm crescido bastante sua popularidade nos últimos meses: o Instagram e o Pinterest, serviços de compartilhamento de imagens com 53% e 72% de acesso do público feminino, respectivamente.

Já a rede baseada em dados de geolocalização Foursquare teve um acesso igual, com uma pequena diferença de 2% a mais para os homens – não ultrapassando a margem de erro da pesquisa. Outro site que ficou empatado foi o Orkut , que tem uma maioria de usuários oriundos do Brasil, com apenas 1% a mais para as mulheres.

Embora o infográfico demonstre números referentes ao uso em vários sites de redes sociais, acredito ser bastante difícil e complexo propor, a partir dos dados, informações absolutas sobre um predomínio masculino ou feminino tendo em vista características de gênero. Portanto, os dados servem para propor reflexões baseadas em sites específicos: necessário que pesquisas futuras possam se ater em um caso e tentar, daí, emergir hipóteses convincentes – ao contrário do que se tem notícia na mídia em geral.

Vitor Braga

Jornalista, professor da Universidade Federal de Sergipe e doutor em Comunicação pela Universidade Federal da Bahia.

More Posts - Website

Follow Me:
Twitter

Deixe um comentário