Será que são só os “looks do dia”? O processo de celebrização das blogueiras de moda

 

Os blogs surgiram como espaços na web que permitem aos seus autores compartilhar informações, opiniões, registros, imagens e conteúdos diversos. Atualmente notou-se dentre os diversos segmentos da blogsfera, um aumento significativo dos blogs de moda na rede. Uma das características mais evidentes nestes espaços refere-se ao processo de celebrização das blogueiras desta esfera, sendo declaradas como formadoras de opinião e possuindo centenas de seguidores em diferentes mídias sociais.

Algumas blogueiras tem se tornado ícones de estilo e gerado padrões de comportamento para o seu público alvo. A publicação do “look do dia” permite uma exposição de roupas e acessórios que estão associados a marcas e grifes de luxo, mas o que chama a atenção nestas postagens é o status social estabelecido no ciberespaço por estas jovens. Além dos looks, as blogueiras costumam postar o seu dia a dia, tornando-se personagens centrais de um espetáculo criado por elas mesmas, sendo sua rotina muitas vezes mais comentada pelas leitoras do que de fato conteúdos relacionados à moda.

 

Com isso, é possível refletir que estes espaços tem se tornado uma ferramenta que possibilita cada vez mais uma espetacularização da vida e das relações que ali são estabelecidas. Pode-se pensar a partir do que foi descrito, no conceito apresentado por Debord em seu livro “A Sociedade do Espetáculo”. De acordo com o autor, “o espetáculo é uma forma de sociedade em que a vida real é pobre e fragmentária, e os indivíduos são obrigados a contemplar e a consumir passivamente as imagens de tudo o que lhes falta em sua existência real” (2003, p.64).

Além disso, as blogueiras têm sido alvo de marcas e campanhas publicitárias em diferentes setores. A indústria cultural, ao perceber as potencialidades dos blogs de moda, atribuiu a estes ambientes um caráter mercadológico. De acordo com  matéria vinculada na Folha de São Paulo, as blogueiras de moda têm sido vistas como uma “máquina do marketing”, já que estas ditam tendências a partir do que publicam, gerando um retorno financeiro significativo para seus anunciantes.  Com isso, pode-se concluir que nos blogs de moda, o que vale é o quanto posta e o que se posta.

Bianca Orrico

É psicóloga, graduada pela Universidade Salvador. Atua na Safernet Brasil em um canal gratuito que oferece orientação para esclarecer dúvidas, ensinar formas seguras de uso da Internet e também orientar crianças e adolescentes e/ou seus próximos que vivenciaram situações de violência on-line. Tem experiência em acompanhamento de crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social. Realizou pesquisas sobre adolescentes, redes sociais e tribos urbanas.

More Posts

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.