Resumo: Sobre a preservação da fachada – Uma análise dos elementos rituais na interação social

Na reunião do dia 24 de agosto, a discussão foi direcionada no capítulo 1 “Sobre a preservação da fachada – Uma análise dos elementos rituais na interação social “, presente no livro Rituais de interação. Publicado em 1967, sob o título Interaction Ritual – Essays on face-to-face behavior e publicado recentemente no Brasil (2011), Ritual de Interação – Ensaios sobre o comportamento face a face, de Erving Goffman,  traz como ensaio de abertura “Sobre a preservação de fachada’, uma descrição do conjunto de estratégias e manobras utilizadas pelos indivíduos na composição de seus repertório usado nos encontros sociais para a construção e manutenção do que, no texto, é descrito como ‘fachada’, o que pode ser compreendida como o conjunto de constructos resultantes das regras do comportamento em grupo que vão resultar em algo traduzível como ‘respeito próprio’, ‘um valor social positivo que uma pessoa efetivamente reivindica pra si mesma através da linha que os outros pressupõem que ela assumiu durante um contato particular” (p. 13-14).

Ficha – Sobre a preservação da fachada – Uma análise dos elementos rituais na interação social

Marcel Ayres

Doutorando na linha de Cultura Digital da Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PGCCC/UFBA). Graduado em Comunicação Social pela Faculdade de Comunicação da UFBA. Especialista em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Pesquisador no Grupo de Pequisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade (GITS/UFBA). Também atua como professor e consultor em Comunicação e Marketing Digital.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedIn

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.