Pesquisa Brasileira de Mídia 2014

Para os interessados em dados sobre consumo de informação e o uso da internet no Brasil, acaba de ser lançado mais um estudo que aborda essa e demais mídias (TV, rádio, jornais e revistas). É a primeira edição da Pesquisa Brasileira de Mídia 2014: hábitos de consumo de mídia pela população brasileira. Segundo o Portal Brasil:

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Thomas Traumann, apresentou nesta sexta-feira (7) a Pesquisa Brasileira de Mídia, que tem como objetivo mostrar como e onde o brasileiro busca a informação atualmente. O levantamento feito entre 12/10 e 6/11, que entrevistou cerca de 18 mil pessoas em todos os estados do Brasil, mostrou que 47% da população tem o hábito de se informar pela internet, o que mostra a importância desta plataforma, segundo o ministro.

Embora a TV ainda seja unanime em todos os segmentos, o capítulo do estudo que trata da internet a considerada a mídia que mais cresce em consumo pelos brasileiros, apresentando a intensidade (horas) e frequência (dias) de uso, local e formas de acesso, além dos sites, blogs e redes sociais mais acessados. As variáveis utilizadas para as analises foram as regiões do país, faixa etária, gênero, renda familiar, escolaridade, porte do município e atividades dos entrevistados.

Dessa forma, o uso da internet é frequente e intenso entre os jovens, os que vivem em centros urbanos e os que possuem maior renda e escolaridade.

As redes sociais, em especial o Facebook, se destacam no uso durante a semana e também nos finais de semana, inclusive como fonte de informação. Por outro lado, a confiabilidade das informações na internet é ainda muito baixa.

O acesso à internet em domicílio ainda é pouco para os menos escolarizados e com menor renda. A forma de acesso predominante ainda é o computador, seguido pelos celulares.

Para mais informações leia a notícia “Quase metade dos brasileiros se informa pela internet, diz ministro da Comunicação Social” do Portal Brasil, onde também pode-se acessar a pesquisa completa.

Mônica Paz

Mônica Paz é doutora (2015) e mestre (2010) pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, na linha de pesquisa sobre Cibercultura, da FACOM/UFBA. Bacharel em Ciência da Computação pelo DCC/UFBA (2007). Entusiasta do movimento Software Livre, já colaborou em diversos eventos dessa comunidade e também com a Revista Espírito Livre.

More Posts - Website

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.