“O Twitter quer ser grande”

Interessante matéria publicada no Observatório da Imprensa acerca do pretensioso crescimento do Twitter. Hoje, esta ferramente vale, segundo o Nasdaq (uma bolsa de valores eletrônica), cerca de 4 bilhões de dólares,  o que está muito aquém de outras grandes corporações. Mas, diante do cenário projetado, o seu presidente-executivo, Dick Costolo, utilizará “novas estratégias de negócios e marketing para fazer crescer a companhia” se atentando para o público usuário.

Uma das estratégias será o fortalecimento dos anunciantes e, claro, espera-se que as páginas dos usuários não estejam “entupidas” de propagandas. Esta questão é uma garantia dada pelo executivo. O problema é que todos os “tuiteiros” passarão a receber estes anúncios mesmo sem ser um seguidor dos anunciantes em questão. A priori, lembra as janelinhas “pop up”, onde atualmente podemos desativá-la, mas, no twitter, é provável que isto não possa acontecer. Do ponto de vista do anunciante, sem sombra de dúvidas será bastante lucrativo, visto que o número de perfis já chega a 100 milhões de usuários ativos (conforme a matéria publicou).

Uma boa notícia para os donos de sites de marcas e produtos é a possibilidade de observarem as suas interações com o microblog. Agora, poderão saber o quanto seu conteúdo está sendo compartilhado pelo Twitter e realizar o controle de tráfego.

No restante da matéria, é trazido a questão da convergência TV-Twitter, que faz parte de uma outra estratégia: a exibição de conteúdos de mídia, como shows e seriados produzidos na televisão (https://dev.twitter.com/media). Cita-se, como exemplo, um programa de humor dos EUA em que personalidades são “tostados” e tem a sua vida revirada em público, ao tempo em que a interação com o público é feito via twitter utilizando hashtags. “Muita gente a ‘tuitar’, o público a interagir com as celebridades online pelo microblog e um considerável volume de tráfego”. Portanto, o Twitter vem a ser o “transmissor e comunicador”.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.