Mídias Sociais e Televisão

Quantas vezes você já observou no Twitter, Facebook, Google+ etc. pessoas tecendo comentários sobre novelas da Globo, jogos de futebol, resenhas de livros, filmes do cinema, games e uma infinidade de manifestações acerca das suas experiências de consumo? Seja através de computadores, tablets, smartphones, Smart TV’s e outros dispositivos com acesso à internet, o consumo midiático deixa, cada vez mais, de ser algo hermético e limitado geograficamente, passando a ser potencializado por conversações e trocas de experiências em escala global.

Em maio deste ano, a empresa E.Life lançou resultados de uma pesquisa feita em Jan/Mar 2012 sobre o uso simultâneo de Twitter e Televisão no Brasil. Segundo os dados coletados no período da pesquisa, 55% dos Trending Topics que mais se destacaram, em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, faziam referências a conteúdos e eventos televisivos como Reality Shows, Novelas, Jogos de futebol etc.

O IBOPE também realizou uma pesquisa semelhante, a fim de compreender a relação entre o consumo de TV e o uso de mídias sociais. Para isso, o instituto utilizou uma ferramenta e metodologia próprias para coletar e interpretar dados, possibilitando medir o impacto da audiência televisiva no comportamento dos internautas. Durante seis meses, coletou-se posts relativos à novela Fina Estampa em diversos ambientes online: Twitter, Facebook, Orkut,  fóruns de discussão sobre TV, Blogs, além de sessões de notícias de sites e até comentários em vídeos no YouTube. Depois, essas menções foram classificadas por sentimento (positivas, neutras e negativas). Com isso, conseguiram verificar a relação com a audiência em cada capítulo da novela.

Com base no cenário acima, a E.Life lançou um app chamado E.Life TV que tem como função acompanhar Tweets da emissora a qual o usuário está assistindo e visualizar, em uma timeline, atualizações de usuários acerca de um determinado programa de TV.  Para usar o app, basta selecionar o canal que você está assistindo e a ferramenta gera, automaticamente, uma hashtag para seus Tweets.

Leia mais sobre consumo integrado de mídias no post: Reflexões sobre a Convergência Midiática e Mídias Sociais

Marcel Ayres

Doutorando na linha de Cibercultura na Póscom - UFBA. Especialista em Marketing pela FGV. Pesquisador no Grupo de Pequisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade [Gits - UFBA]. Cofundador da agência COM Inteligência Digital.

More Posts - Website

Follow Me:
Twitter

Deixe um comentário