Call for papers: IX Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação

A Bahia é um dos pólos de maior relevância nacional no que diz respeito à produção acadêmica relacionada a jogos eletrônicos. Uma prova de tal mérito, é o evento anual “Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação”, sediado na UNEB (Salvador), sob a coordenação da prof. Lynn Alves. Atualmente em sua 9ª edição, o tema deste evento se concentra na investigação acerca dos dispositivos móveis na cultura gamer (smartphones, tablets, consoles portáteis etc.).

O IX Seminário Jogos eletrônicos, Educação e Comunicação ocorrerá nos dias 8 e 9/07, na UNEB – Salvador, agregando não somente pesquisadores interessados em temas tão profícuos, como desenvolvedores de todo o país. Durante o evento, as apresentações de trabalhos não se restringem aos papers, mas incluem diversas demonstrações do que os gamedesigners brasileiros têm produzido. Neste sentido, a chamada para encaminhamento dos trabalhos já foi aberta e se estende até 15/3.

O site oficial do seminário ainda está em construção, mas há, neste link, um resumo disponível do que interessa a esta edição. Abaixo, segue detalhamentos para a submissão dos trabalhos (enviados via mailing).

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO – CAMPUS I

MESTRADO EM EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE

LINHA DE PESQUISA: Jogos eletrônicos e aprendizagem

Grupo de pesquisa no CNPq – Comunidades Virtuais de Aprendizagem

 

Chamada de trabalhos para IX Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação – construindo novas trilhas

 

Período: 08 a 09/07/13

Local: UNEB – Salvador

 

1. Cronograma

Data máxima para encaminhamento dos Trabalhos: 15/03/13.

Notificação de aceitação: A partir de 16/04/13.

 

2. Grupos de Trabalho – GT
GT 1 – Jogo eletrônicos e narrativas
GT 2 – Jogos eletrônicos e educação
GT 3 – Jogos eletrônicos e redes sociais
GT 4 – Arte e Design dos jogos eletrônicos
GT 5 – Jogos e consumo

GT  6 – Jogos eletrônicos e mobilidade

3. Submissão de Trabalhos Científicos:

3.1 Os pesquisadores que vem investigando os jogos eletrônicos e suas diferentes relações podem encaminhar trabalhos os GTs acima relacionados.

3.2 O Trabalho deve ser acompanhado de um “Termo de Compromisso de Apresentação” nos seguintes termos: “Eu____ (nome completo do principal responsável pelo Trabalho)____ autorizo, caso meu Trabalho____(nome do Trabalho)____, de autoria de ____(nome de todos os autores)____, seja aprovado pela Comissão Científica IX Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação: Construindo Novas Trilhas, a publicação imediata nos anais do seminário e no site da instituição organizadora.

3.3 – Nota Importante: Trabalhos sem termo de compromisso não serão aceitos.

3.4 Os Trabalhos aprovados serão publicados nos anais e no site do seminário.

3.5 O envio do Trabalho será realizado através do sistema de submissão disponível no site do evento.

3.6.  Identificação dos Trabalhos

3.6.1. Os autores devem cadastrar-se no site do evento para submeter os seus respectivos artigos.

3.6.2. Os nomes dos autores devem vir em uma folha de rosto antes da página inicial do artigo. Orientações: colocar o nome da instituição a que estiver vinculado (s) o (s) autor (es) e o endereço eletrônico (e-mail), usando letra corpo 10.

3.6.3. Exemplo: Um Trabalho Científico vinculado ao Grupo de Trabalho – Jogos e Educação deverá ser nomeado da seguinte forma: TC-JE – “Título do Trabalho Científico”.

3.7. Estarão disponíveis para a apresentação dos Trabalhos durante o evento, um computador com sistema operacional básico: Windows 98 com Power Point, Datashow, sem acesso a Internet.

 

4. Normas de Padronização

4.1. Os Trabalhos devem ter entre 9 (nove) a 10 (dez) laudas e seguir a seguinte formatação (modelo disponível em http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario-jogos/2013/modeloartigo/):

4.1.1. As especificações do documento são: papel A4, utilizando os seguintes parâmetros: margem superior 2,0 cm; inferior 2,5 cm; lateral esquerda 2,5 cm; lateral direita 2,0 cm; 2 colunas com Largura = 7,85 centímetros e espaçamento = 0,8 cm. As páginas não devem estar numeradas.

 

4.1.2. A fonte do artigo é Times New Roman, fonte 10, espaçamento simples, justificado. As exceções são:

 

• Título (veja acima)

• Filiação (Universidade/Instituição): 12 pontos Times New Roman, centralizado

• Endereços de Internet e códigos de computação: fonte 9 Courier New

• Subtítulo de Figuras e Tabelas: fonte 9 Times New Roman, centralizado sob a figura ou tabela.

• Título de seção: fonte 12 Arial, negrito, alinhado à esquerda, numerados

• Título de Subseção: fonte 10  Arial, negrito, alinhado à esquerda, numerados

• Referências: fonte 9 Times New Roman

 

4.1.3. Evite deixar um título de seção ou subseção isolados na coluna ou página anterior.

4.1.4. Apenas o primeiro parágrafo de uma seção começa sem recuo; qualquer outro parágrafo começa com um recuo de 0,5 cm. Use sempre espaçamento entre parágrafos.

4.1.5. O formato de citação é o “autor ano” formato (bastante semelhante ao utilizado pelas conferências SIGGRAPH). Enquanto alguns formatos utilizam parênteses este formato de citação usa colchetes. [Holland 2005]. O ano é separado do autor por um único espaço. Se o artigo tem dois autores, seus sobrenomes são usados, separados pela palavra “e”. Se o artigo tem três ou mais autores, o nome do autor principal, seguidos por”Et al.”  são usados, ou seja:

 

[Woodcock 2001], por um autor;

[Parke e Walters] para dois autores;

[Ducheneaut et al. 2006] em dois ou mais autores;

Citações múltiplas são separadas por ponto e vírgulas: [Ducheneaut et al. 2006; Kartch 2000].

Quando o nome do autor é usado no corpo do texto, pode ser omitido da citação, deixando o ano, por exemplo: “…, como mostrado na Ducheneaut et al. [2006], o … “ou” Woodcock [2001] propôs que … “. Quando um autor publica mais do que um documento citado no mesmo ano, estas distinguem-se por adição de letras minúsculas (a, b, c, …) depois do ano, por exemplo: “… contém uma série de três artigos [Biasillo 2002a ; Biasillo 2002b; Biasillo 2002c] que … “.

4.1.6. Todas as referências mencionadas na lista de referência devem ser citadas no texto, e vice-versa. A lista de referência deve ser sem numeração, em ordem alfabética pelo sobrenome do autor principal, com a lista de autores definidos em caixa alta, seguido pelo ano de publicação, seguido por outras informações. O número da página, se houver, é exibido por último na referência. A segunda e sucessiva linha de cada citação tem recuo de 0,5 cm. Títulos dos livros, teses devem estar em itálico. Veja exemplos nas referências na seção abaixo.

4.1.7. Poderão ser usadas figuras entre as colunas. No entanto, imagens de grandes dimensões devem ser colocadas no final do artigo. Os títulos das tabelas devem ser centralizadas acima das tabelas.

4.1.8. As seções finais do trabalho são: agradecimentos e referências. Estas seções finais não são numeradas.

4.1.9. As referências devem seguir a seguinte formatação:

Woodcock, S., 2001. Game AI: the state of the art industry 2000-2001. Game Developer, 8 (8), 36-44.

Holland, M., 2004. Citing references: the Harvard System [online] Bournemouth University. Available from: www.bournemouth.ac.uk/library/using/harvard_system.html [Accessed 17 June 2006].

Kartch, D., 2000. Efficient rendering and compression for full-parallax computer-generated holographic stereograms. PhD thesis, Cornell University.

Parke, F.L. and Waters, K., 1996. Computer facial animation. Wellesley: AK Peters.

Ducheneaut, N., Yee, N., Nickell, E. and Moore, J.R., 2006. “Alone together?”: exploring the social dynamics of massively multiplayer online games. In: Proceedings of the SIGCHI conference on Human Factors in computing systems, 22-27 April 2006 Montreal. New York: ACM Press, 407-416.

4.2. Os trabalhos deverão incluir o cabeçalho do evento. Modelo disponível em:

 

5. Mostra de jogos eletrônicos

Durante o evento será realizada uma mostra de jogos eletrônicos na qual desenvolvedores terão a possibilidade de apresentar o seu game e  socializar com a comunidade o processo de desenvolvimento. Nesta edição a mostra terá uma categoria específica para os jogos desenvolvidos para plataformas móveis.

Para submissão dos games o desenvolvedor deverá preencher a ficha de inscrição disponível em breve http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario-jogos/2013/fichamostradejogos/ e submetê-la no site do evento.

Obs: a) Deverá ser enviado um cd com o game para UNEB – Departamento de Educação – Campus I. Rua Silveira Martins no. 2555 – Cabula – Salvador – Bahia – At. Lynn Alves até o dia 15/03/13. b) Os games serão analisados pela comissão de avaliação e a notificação dos selecionados ocorrerá a partir de 16/04/13.

Felippe Thomaz

Felippe Thomaz é mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, onde examinou, na ocasião, o processo de construção identitária do jogador em MMORPGs, através de avatares. Doutorando pelo mesmo programa, seu objetivo mira agora a compreensão da influência exercida pelos variados dispositivos de controle sobre a experiência de jogos eletrônicos. Examinando o uso de joysticks, teclado e mouse, interfaces touchscreen e sensores de movimento, a questão que baseia a pesquisa, simplificadamente, é: de que maneira as formas de controle influenciam a própria experiência do jogar um game?

More Posts - Website

Deixe um comentário