Beisebol, métricas e a vida analítica

Neste mês estréia no brasil o filme Moneyball, estrelado por Brad Pitt e dirigido por Bennett Miller. A razão de aparecer neste blog acadêmico é a sua origem e temática, excelentes exemplos da crescente digitalização e análise estatística nas diversas esferas da vida e atividade humana. Vejam o trailer abaixo:

Baseado no livro Moneyball: the art of winning an unfair game, o filme conta a história real do campeonato americano de beisebol de 2002. Um time, Oakland Athletics, conseguiu vencer o campeonato através da aplicação de análise estatística na escolha de jogadores subestimados – e com salário médio menor – na composição do time. Foi um marco na história da “Sabermetrics” – o nome dado à aplicação de estatística no beisebol. O termo é a junção da palavra “metrics” (métricas) com a sigla SABR – Society for American Baseball Research. Hoje, este caso é citado em boa parte dos livros sobre analytics e métricas nos negócios, como uma referência da efetividade do uso de estatística e métricas em outras áreas.

 

Tarcízio Silva

Tarcízio Silva é estudante de mestrado no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, na linha de pesquisa sobre Cibercultura, da FACOM/UFBA. Bacharel em Comunicação com habilitação em Produção Cultural. Estuda as relações entre a produção e circulação de dados digitais com aspectos interacionais (construção identitária e gerenciamento de impressões) e corporativos (monitoramento e mensuração).

More Posts - Website

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.